Convivência e integração

17/01/2020

“No decorrer de 2019, os jovens aprendizes do Instituto Crescer Legal conviveram em integração com os alunos da escola General Osório. Depois de um processo de adaptação inicial com curiosidade e expectativa por parte dos menores, a relação estabelecida foi de respeito, com muitas ações, vivências e trocas. Algumas ocasiões foram as apresentações no ginásio da escola e a culminância de trabalhos como música, teatro, brinquedos feitos com sucatas, jogos e dinâmicas. Uma das atividades que marcou muito foi o concurso de desenhos retratando a infância, lançado pelos jovens do Programa de Aprendizagem e que teve a participação de todas as escolas públicas do município. Nossa escola foi premiada com quatro alunos, o que significou um momento de realização, pois nossos pequenos demonstraram em seus desenhos toda amorosidade, empatia, inclusão e sonhos trabalhados na instituição que é o coração da comunidade. Além disso, a presença da turma do Crescer Legal agrega forças para manter viva a nossa escola, pois é considerada pequena, com 45 alunos, e todos os anos corremos o risco de ser fechada. Trabalhamos lado a lado com as famílias e a comunidade para manter a escola em atividade e, na nossa luta, criamos um lema que nos representa: #juntossomosmais.”

Ana Paula Freitas Krug, diretora da Escola Municipal General Osório, instituição onde são oferecidas as atividades das turmas do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal em Herveiras (RS).

Últimas Histórias

28/05/2020
Preservar para viver melhor

Para nós, do meio rural, cuidar do meio ambiente é muito importante porque, se não cuidarmos agora, teremos consequências futuras.

LEIA MAIS
28/05/2020
Pecuária para empreender e diversificar

Há cerca de dois meses, eu e meu pai implantamos uma nova atividade: criação de bovinos para abate.

LEIA MAIS
28/05/2020
Preparo para a carreira militar

Hoje, a maior parte das coisas que faço e estudo tem foco no meu objetivo de entrar para o Exército Brasileiro.

LEIA MAIS