O despertar para o empreendedorismo

27/01/2021

“Desde o início de 2020, eu evoluí muito, tanto na área profissional quanto na pessoal. O curso de empreendedorismo e gestão rural foi realmente incrível, tive despertadas ideias empreendedoras e os aprendizados contribuíram com as habilidades de liderança. Antes de ser aprendiz do Crescer Legal, eu já tinha um bom conhecimento sobre o campo porque sou filha de fumicultores, porém agora tenho um novo ponto de vista para o rural, descobri novos meios de obter renda, vi os benefícios que o campo oferece e as diversas formas de inovação.

Todos os conhecimento obtidos na elaboração de trabalhos, desenvolvimento de atividades, experiências práticas e projetos foram muito satisfatórios, trazendo para mim uma visão maior sobre o mundo. E, nisso tudo, algo que se destacou foi o estudo sobre empreendedorismo, pois tivemos uma atividade na qual deveríamos criar nosso próprio empreendimento local, imaginarmos como seria, ou seja, mostrarmos nosso ponto de vista referente à uma ação partindo do meio rural. E então eu criei o empreendimento que sempre tive em mente: uma selaria gaúcha, ideia que surgiu da parte do meu pai, Dilson Silva, pois alguns anos atrás ele e meu avô trabalhavam com artesanato em couro.

Agora, em 2021, quero continuar sendo jovem aprendiz e imagino que será um ano de muito aprendizado, contribuindo ainda mais para meu crescimento. Para todos nós, deverá ser uma jornada de vivências produtivas que certamente farão diferença na convivência em sociedade. Também espero fazer novas amizades e parcerias, tenho a certeza de que o curso em 2021 continuará nos surpreendendo com os conteúdos e que haja compartilhamento de vivências entre todos e novas oportunidades de crescimento. Eu me orgulho de ser aprendiz rural neste programa que vem trazendo tantas oportunidades de crescimento aos jovens do campo e formando cidadãos de bem para um futuro próximo.”

Rafaela dos Santos Silva, 15 anos, jovem aprendiz em 2020 e em 2021 do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal em Passo do Sobrado (RS).

Últimas Histórias

17/02/2021
Empreender na educação

Como professora com nove anos de atuação em escola rural, percebo que os jovens do campo precisam se reconhecer como parte no processo de ensino e aprendizagem no meio em que vivem para que possam ser protagonistas das suas próprias histórias.

LEIA MAIS
17/02/2021
Eficiência e diversificação

Vejo boas oportunidades para os jovens prosperarem no campo, pois sempre terá espaço para quem quer trabalhar.

LEIA MAIS
17/02/2021
Para prosperar no campo

Faço planos de continuar na atividade rural e meus pais ficam felizes com a certeza de eu vir a ser o sucessor dos negócios da família.

LEIA MAIS