Projeto? Tornar-se professora

11/11/2021

“O curso de aprendizagem do Crescer Legal está chegando ao final junto com o encerramento do nono ano no colégio. E em 2022 quero começar o curso de Magistério em Rio Pardo, para me tornar professora de crianças pequenas do interior. Ser professora é meu sonho e agora começa a se realizar, pois me planejei financeiramente e estou guardando o dinheiro que ganhei como jovem aprendiz para investir nisso. Conversei com os meus pais e ele apoiaram muito meus planos.

No curso de empreendedorismo e gestão rural, estou aprendendo muitas coisas que serão importantes para meu presente e meu futuro no magistério. Uma das mais significativas foi adquirir desenvoltura para me expressar e expor minhas ideias e opiniões. E agora já estou conseguindo fazer apresentações em público sem sentir vergonha, tanto que a turma me escolheu para apresentar nossas atividades no 5° Encontro Regional de Aprendizes do Instituto Crescer Legal. Outras aprendizagens importantes foram sobre a importância de nós jovens acreditarmos nos nossos potenciais e sobre as oportunidades que interior pode nos oferecer.”

Erica Vitoria dos Santos Linhares, 15 anos, jovem aprendiz em 2021 do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal em Passo do Sobrado (RS).

Últimas Histórias

08/12/2021
Boas práticas para o empreendedorismo

O Programa de Boas Práticas, oferecido pelo Instituto Crescer Legal, foi de grande valia no meu fazer pedagógico, pois obtive um novo olhar frente aos meus alunos e à comunidade escolar e, com isso, minha prática pedagógica voltou-se ainda mais ao jovem do campo.

LEIA MAIS
08/12/2021
Queijos da família

Adorei ter tido essa experiência como aprendiz do Instituto Crescer Legal por dois anos, pois foi através do curso de empreendedorismo e gestão rural que eu aprendi muitas coisas novas.

LEIA MAIS
11/11/2021
Mais interesse pelo meio rural

Eu ainda não decidi que profissão quero seguir no futuro, mas agora que conheço mais sobre o meio rural e a atividade da minha família, me parece uma opção bem legal.

LEIA MAIS