Voltar

Instituto Crescer Legal divide experiências em Ituporanga

08.04.2019

Abril 2019 – As práticas do Instituto Crescer Legal para fortalecer a sucessão rural foram tema de palestra durante Seminário da Agricultura Familiar, promovido pela Secretaria Municipal de Agricultura e do Meio Ambiente de Ituporanga (SC) dentro da programação da 25ª Expofeira Nacional da Cebola, nesta sexta-feira, 05 de abril.

Iniciativa do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) e suas empresas associadas, o Instituto tomou forma com o apoio e adesão de pessoas e entidades envolvidas com a educação e com o combate ao trabalho infantil, em especial em áreas com plantio de tabaco, na Região Sul do País.

A gerente do Instituto, Nádia Fengler Solf, falou aos presentes sobre o pioneiro Programa de Aprendizagem Profissional Rural e o curso “Empreendedorismo em Agricultura Polivalente – Gestão Rural”, que aplica a Lei da Aprendizagem no meio rural.

Segundo ela, os jovens são contratados conforme a Lei da Aprendizagem por empresas de tabaco associadas ao Instituto, mas nenhum trabalho é realizado na empresa. “Combater o trabalho infantil no setor do tabaco e trazer alternativas aos jovens rurais está entre os grandes objetivos do curso”, disse Nádia.

Ao participar do curso, os aprendizes recebem vantagens como salário proporcional a 20 horas semanais, transporte, alimentação na escola, material didático, uniforme e certificação como gestores rurais. Além das empresas contratantes, o Instituto conta com parceiros locais e regionais que possuem papel fundamental na oferta de espaço físico, alimentação e logística de transporte.

Atualmente, 136 jovens estão envolvidos, em sete municípios da região central do Rio Grande do Sul. Esta é a terceira edição do curso que já certificou 204 jovens.

Contato com a imprensa:

Loader