Voltar

Jovens aprendizes participam de roda de conversa online

28.04.2021

Abril 2021 – O dia da Educação foi o escolhido para reunir, mesmo que virtualmente, os 135 jovens aprendizes que participam do curso de Gestão Rural e Empreendedorismo. O encontro, realizado em dois turnos, contou com a participação do presidente do Instituto Crescer Legal, Iro Schünke; do diretor Administrativo, Sérgio Rauber; da gerente, Nádia Fengler Solf; da coordenadora de Projetos, Graziele Pinton; e dos educadores de referência em cada um dos sete municípios contemplados. Os aprendizes de Cerro Branco, Boqueirão do Leão, Sinimbu se reuniram pela manhã; já na parte da tarde foi a vez das turmas de Canguçu, Herveiras, Passo do Sobrado e Santa Cruz do Sul.  

O diretor Administrativo do Instituto, Sérgio Rauber, deu as boas-vindas aos jovens. “A gente espera que possamos em 2021 transmitir todo o conhecimento que o Instituto tem pra passar e que no futuro ele possa ser decisivo na vida laboral que vocês escolherem”, comentou. 

Com a pandemia de COVID-19, o Instituto, com o apoio das associadas, optou em dar uma segunda oportunidade aos jovens que passaram 2020 em atividade remota. Ao todo, serão 800 horas de curso complementar, realizado sempre no contraturno escolar, para aprofundar conhecimentos e vivenciar novas experiências. 

“Esperamos que essa seja uma nova oportunidade para desenvolver aprendizados tanto em gestão, quanto em empreendedorismo, e torcemos para que possam ter neste ano uma convivência presencial. Minha mensagem para cada um de vocês é: aproveitem. Acreditem que vocês são capazes, tenham objetivos bem traçados. Lembrem-se: sim, nós podemos!”, falou aos jovens Iro Schünke, presidente do Instituto. 

A interação conduzida pelos educadores pautada pelo impacto que as escolhas cotidianas exercem no futuro de cada indivíduo envolveu os aprendizes, que compartilharam como estão se organizando para realizar as atividades e destacaram lugares nas propriedades rurais que estão sendo ainda mais valorizados neste tempo de pandemia.  

Egressos do Programa de Aprendizagem Profissional Rural também participaram com depoimentos. Wesley Gomes, de Venâncio Aires, lembra que inicialmente ficou em dúvida sobre participar, mas percebeu que diferentes portas se abriram a partir da sua busca pela qualificação. “Minha vida mudou muito. Aprendi a me adaptar melhor ao mundo, para falar em público, para criar projetos e expô-los. Atualmente estou desenvolvendo projetos relacionados à arte, algo que busco desde criança, e continuo me aperfeiçoando, seguindo o meu projeto de vida. Continuo recebendo o apoio da minha educadora e esse incentivo é fundamental. Aprender a me relacionar em outros meios, como o das redes sociais, também foi um grande aprendizado”, avaliou Wesley que trabalha como desenhista e já recebeu diversos prêmios. 

Turmas 2021 Aprendizes 2021 
Boqueirão do Leão 18 
Canguçu 23 
Cerro Branco 21 
Herveiras 22 
Passo do Sobrado 19 
Santa Cruz do Sul 11 
Sinimbu 21 
 135 

SAIBA MAIS – Iniciativa do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) e suas empresas associadas, o Instituto Crescer Legal tomou forma em 2015 com o apoio e adesão de pessoas envolvidas com a educação e com o combate ao trabalho infantil, em especial em áreas com plantio de tabaco, na Região Sul do País. Desde 2016, o Programa de Aprendizagem Profissional Rural já beneficiou 474 jovens rurais de 11 municípios gaúchos. O Programa é pioneiro ao oferecer aprendizagem profissional sem sair do campo e da escola, formando adolescentes no curso de gestão rural e empreendedorismo. De acordo com a Lei de Aprendizagem, recebem salário proporcional a 20 horas semanais – a carga horária do curso, que ocorre no contraturno escolar – e ao final são devidamente certificados. No entanto, ao invés de trabalharem nas empresas, os aprendizes de 14 a 17 anos realizam suas atividades teóricas nas escolas sede e as práticas tanto no ambiente do curso como em suas comunidades, com mais motivação e condições para a produção do conhecimento. Para participar, o aprendiz precisa frequentar a escola regular. Com isso, os adolescentes ocupam seu dia no curso e na escola, longe de tarefas impróprias para a idade. Conheça mais sobre as ações do Instituto em: www.crescerlegal.com.br

Fotos: Divulgação

Contato com a imprensa:

Loader