Voltar

Papo de Responsa e integração no primeiro seminário conjunto de jovens aprendizes

22.05.2019

Maio 2019 – Mais de 130 jovens aprendizes de 2019 do Instituto Crescer Legal de sete municípios se reuniram pela primeira vez para compartilhar as experiências que estão tendo com o curso “Empreendedorismo em Agricultura Polivalente – Gestão Rural” do Programa de Aprendizagem Profissional Rural. A coordenação pedagógica e a gerente do Instituto, Nádia Fengler Solf, recepcionaram os participantes na manhã desta quarta-feira, 22 de maio, na Associação Atlética da Souza Cruz, em Santa Cruz do Sul.

Papo de Responsa e integração no primeiro seminário conjunto de jovens aprendizes

Na parte da manhã, os comissários da Polícia Civil, Flavio Daniel Schünke e José Antônio de Oliveira Chaves bateram um “papo responsa” com os jovens. Abordaram temas como prevenção às drogas, responsabilidade, oportunidade e tomada de decisão. “Conversar com adolescentes como vocês faz parte do nosso trabalho em busca de um futuro melhor para essa geração”, disse Schünke. “Conhecimento é poder. Mas conhecimento sem ação não é nada. Vocês devem levar esses conhecimentos adquiridos aqui para a comunidade, para seus familiares”, reforçou Chaves.

Na parte da tarde os jovens participaram de dinâmicas de grupo, como o amigo oculto, e apresentaram seus trabalhos realizados desde o início do curso, em março. As atividades seguem até o final do ano em Boqueirão do Leão, Cerro Branco, Herveiras, Passo do Sobrado, Sinimbu, Vale do Sol e Vera Cruz. Contratados como aprendizes por indústrias associadas ao Instituto, eles recebem remuneração e certificação de acordo com a Lei de Aprendizagem. No entanto, eles não realizam qualquer atividade nas empresas. Toda a carga horária é cumprida no âmbito do curso de formação, tanto na instituição parceira, junto à família, na comunidade, como em viagens pedagógicas, visitas técnicas e seminários como o desta quarta.

SAIBA MAIS – O Programa de Aprendizagem Profissional Rural já formou 204 aprendizes em gestão e empreendedorismo e em 2019 tem a participação de 135 jovens com idades entre 14 e 17 anos. O curso tem duração de um ano, com 4 horas diárias de segunda a sexta-feira, totalizando 920 horas de atividades teóricas e práticas em gestão. No programa das atividades consta o estudo e análise das propriedades rurais, diagnóstico do município e da região com estudos dos arranjos produtivos locais e mapeamento das parcerias locais e alianças estratégicas. Os adolescentes também desenvolvem trabalhos em grupo envolvendo as famílias e a comunidade e estudos de viabilidade de desenvolvimento de produtos de gestão no meio rural.

Leia depoimentos dos jovens e educadores

Curta a fanpage do Instituto

Programa de Aprendizagem Profissional Rural

Fotos: Junio Nunes

Mais fotos disponíveis para download em:

https://lion.box.com/s/inpf2p5bzpy8lgapb3rsmwo9owr94nx5

Contato com a imprensa:

Loader