Voltar

Transformar o campo pelas ondas do rádio

06.08.2019

Agosto 2019 – A terceira edição do programa “Nós por Elas – A voz feminina do campo” está a pleno vapor! Nove meninas iniciaram as atividades do Instituto Crescer Legal direcionada a jovens egressas do Programa de Aprendizagem Profissional Rural. O objetivo? Ampliar a reflexão sobre o papel da mulher no campo e no mundo e contribuir com a comunidade por meio da comunicação.

Primeiros encontros são de reflexão e pesquisa sobre temas

A ação, realizada em parceria com a Universidade de Santa Cruz do Sul, tem foco em pesquisas sobre temas relevantes para a juventude rural. Nos próximos três meses, elas vão participar das atividades na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). Serão 240 horas de atividades, com pesquisas e trabalhos sobre temas como história do rádio, conceitos e técnicas de radiojornalismo, estrutura da notícia, produção de textos e roteiros.

Egressas do Instituto participantes da terceira edição do Nós por Elas - Reunidas

Para viabilizar a participação das meninas, elas recebem bolsas de estudo do Instituto Crescer Legal e apoio logístico para deslocamento ao campus. O trabalho é coordenado pela educadora do Instituto, Maria da Graça, e o contará ainda com oficinas realizadas por profissionais da área de comunicação da UNISC que auxiliarão na gravação de programas de rádio sobre temas relacionados ao universo feminino no campo.

Egressas do Instituto participantes da terceira edição do Nós por Elas

Segundo a gerente do Instituto, Nádia Fengler Solf, o programa nasceu como uma alternativa de capacitação em habilidades de comunicação para multiplicar atitudes positivas entre os jovens rurais. “Assim como vimos acontecer em outras edições, acreditamos que a troca de experiências sobre temas sociais e do direito relacionados às mulheres do campo vão despertar grandes reflexões nessas meninas sobre suas respectivas realidades”, avalia.

Na edição de 2018 foram produzidos quatro programas de rádio – Mulher no mercado de trabalho; Gravidez na adolescência e casamento precoce; Trabalho infantil; e Violência contra a mulher – e veiculados nas mídias sociais e em programas de rádio de entidades parceiras do Instituto Crescer Legal.

Ouça os programas de outras edições

Participantes do programa Nós Por Elas 2019

Nome completo Localidade Município Idade
Camila dos Santos Alto Castelhano Vale do Sol 19
Angélica Moura do Couto São Roque Boqueirão do Leão 18
Eduarda Caroline Bohrz de Oliveira Linha Sítio Vera Cruz 17
Erica Gabriela Oliveira Riss Linha Sítio Vera Cruz 18
Esthefani Rodrigues da Silva Linha Alto Castelhano Vale do Sol 16
Fernanda Lais Hauth Boa Vista Santa Cruz do Sul 18
Franciele Melyza Tornquist Vila Progresso Vera Cruz 18
Isabela Beatriz Müller Schwengber Boa Vista Santa Cruz do Sul 17
Kely Zanus São Roque Boqueirão do Leão 17
 

SOBRE O INSTITUTO CRESCER LEGAL – Desde que foi lançado, em 2015, o Instituto formou 204 jovens no curso “Empreendedorismo em Agricultura Polivalente – Gestão Rural” do Programa de Aprendizagem Profissional Rural. Em 2019, mais de 130 meninos e meninas entre 14 e 17 anos, de sete municípios gaúchos, foram contratados via Lei da Aprendizagem. Diferente do que acontece na cidade, ao invés de trabalharem na empresa contratante, se reúnem diariamente no contraturno escolar para falar sobre e vivenciar práticas de gestão rural e empreendedorismo. Sete novas turmas estão previstas para 2020 na região de Santa Cruz do Sul e no Sul do RS. Iniciativa do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) e suas empresas associadas, o Instituto Crescer Legal tomou forma com o apoio e adesão de pessoas envolvidas com a educação e com o combate ao trabalho infantil, em especial em áreas com plantio de tabaco, na Região Sul do País. A meta: oferecer subsídios para que o jovem permaneça e se desenvolva no meio rural e, ao mesmo tempo, combater o trabalho infantil no campo. Saiba mais: www.crescerlegal.com.br

Fotos: Divulgação

Contato com a imprensa:

Loader