Voltar

Um mundo de oportunidades para os jovens do campo

31.08.2018

Agosto 2018 – Jovens aprendizes das sete turmas do curso Empreendedorismo em Agricultura Polivalente – Gestão Rural, do Instituto Crescer Legal, participaram da programação da 41ª Expointer, em Esteio (RS), entre os dias 28 e 30 de agosto. As visitas técnicas fazem parte das atividades práticas previstas pelo curso e acabam sendo um diferencial para os jovens que em muitos casos não teriam oportunidade de estarem em um evento desta magnitude.

Segundo a coordenadora do Instituto, Nádia Fengler Solf, a visita à Expointer é um importante momento de vivência, de cidadania e também de formação e acesso às novas tecnologias. “A Expointer é uma grande vitrine para os jovens. Eles conseguem vislumbrar horizontes diferentes, podem ter acesso a um grande número de informações, relacionadas a novas tecnologias, maquinários, produção, agroindústrias, empreendedorismo, cooperativismo, crédito e de instituições parceiras que podem ser diferenciais no momento de empreenderem em suas propriedades”, avalia.

O Instituto também integrou, pelo segundo ano consecutivo, espaço destinado às experiências exitosas na educação do campo, oferecido pelaFederação da Agricultura do Rio Grande do Sul (FETAG), junto ao Pavilhão da Agricultura Familiar. Os jovens egressos, que concluíram sua formação no ano de 2017, estiveram no local para compartilhar o trabalho que é inovador no meio rural. “Somos a primeira instituição a oferecer uma formação voltada para a Gestão Rural e Empreendedorismo para adolescentes filhos de produtores familiares e trabalhadores rurais na cultura do tabaco. É uma honra fazer parte deste espaço mais uma vez”, afirma a coordenadora.

No dia 29 de agosto, o Instituto também participou da roda de conversa que integra a programação da III Ação Social no Combate ao Trabalho Infantil para Inserção na Aprendizagem Profissional no RS, promovida pela Superintendência Regional do Trabalho (SRT/RS), Fórum Gaúcho de Aprendizagem Profissional (FOGAP) e Fórum Estadual de Erradicação no Combate ao Trabalho Infantil (FEPETI), no Palco Principal.

SAIBA MAIS – O Instituto Crescer Legal foi fundado em 23 de abril de 2015. Já em 2016, implementou o Programa de Aprendizagem Profissional Rural. Atualmente, o Programa conta com a participação de quase 130 jovens com idades entre 14 e 17 anos, em sete municípios gaúchos. Contratados como aprendizes por indústrias associadas ao Instituto, eles recebem remuneração e certificação de acordo com a Lei de Aprendizagem. No entanto, eles não realizam qualquer atividade nas empresas. Toda a carga horária é cumprida no âmbito do curso de formação – voltado à gestão rural e empreendedorismo –, tanto na instituição parceira, junto à família, na comunidade, como em viagens pedagógicas e visitas técnicas. O curso tem duração de um ano, com 4 horas diárias de segunda a sexta-feira, totalizando 920 horas de atividades teóricas e práticas em gestão. No programa das atividades consta o estudo e análise das propriedades rurais, diagnóstico do município e da região com estudos dos arranjos produtivos locais e mapeamento das parcerias locais e alianças estratégicas. Os adolescentes também desenvolvem trabalhos em grupo envolvendo as famílias e a comunidade e estudos de viabilidade de desenvolvimento de produtos de gestão no meio rural. No ano passado o curso formou 84 jovens aprendizes em seu programa piloto.

Fotos das turmas e das atividades disponíveis para download em:

https://lion.box.com/s/8kyqpzq6s8035pn1o5i7t9rmhlwmcaec

Crédito: Divulgação

Contato com a imprensa:

Loader