Voltar

As novas vozes do campo estão prontas para serem ouvidas

18.11.2022

Novembro 2022 – No início do segundo semestre, sete egressas do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal, de três diferentes regiões do Rio Grande do Sul, com idades entre 16 e 18 anos, toparam um novo desafio: participar do Programa Nós por Elas – A voz feminina do campo. Em sua sexta edição, o programa iniciou em agosto com a parceria com a Universidade de Santa Cruz do Sul [UNISC] e foi realizado no formato híbrido. 

Segundo a educadora do Instituto que mediou as atividades, Maria da Graça Vieira, nesta edição as participantes se debruçaram sobre três temas, selecionados por elas: a romantização do ciúme; o que ouço sobre “ser mulher”; e os desafios de deslocamento das mulheres (para estudar, trabalhar, lazer). 

Depois de estudarem e debaterem sobre as temáticas, elas realizaram entrevistas e produziram roteiros elaborados com o apoio de profissionais da área de comunicação da UNISC, como é o caso do professor Alexandre Borges. Segundo ele, as discussões dos problemas abordados são essenciais e capacitam as jovens para um olhar e atitudes mais críticas no dia a dia, com potencial de liderar movimentos que sejam de conscientização de crescimento das comunidades rurais. 

O contato com a universidade, por si só, é um grande ganho para muitas dessas meninas, que vivem em uma realidade de escassas oportunidades de qualificação. O Nós por Elas, além de dar voz a essas meninas, valorizando-as, também objetiva desenvolver as jovens egressas do Programa de Aprendizagem Profissional Rural, capacitando-as na área de comunicação para que sejam multiplicadoras do conhecimento adquirido em suas comunidades. 

As participantes serão certificadas no dia 08 de dezembro, em evento conjunto à formatura das turmas 2022 do Programa de Aprendizagem Profissional Rural. Já os boletins produzidos podem ser acessados no site do Instituto Crescer Legal. Como em outros anos, o material produzido também está sendo veiculado em programações de rádio de entidades parceiras, com a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) e Sindicatos. Em seis edições, 43 jovens, de 11 municípios gaúchos, já foram preparadas para serem multiplicadoras de temas sensíveis à realidade feminina no campo. Ouça os boletins produzidos em todas as edições. 

PROGRAMA NÓS POR ELAS – A VOZ FEMININA DO CAMPO (2022) 

Ana Paula da Silva Furtado/Boqueirão do Leão 

Taiane Andreia Machado de Castro/ Herveiras  

Rafaela dos Santos Silva/ Passo do Sobrado  

Giovana da Silva de Moraes/ Passo do Sobrado  

Camila Schellin Goldbeck/ Canguçu  

Chaiane Römer Völz/ Canguçu 

Taissa Beiersdorff Böhlke/Canguçu  

Foto: Junio Nunes 

Contato com a imprensa:

Loader