Voltar

Com primeira turma em Santa Catarina, Instituto Crescer Legal inicia atividades de 2023

07.03.2023

Março 2023 – Os primeiros dias de março marcaram o início das atividades da primeira turma do Instituto Crescer Legal em Santa Catarina e em outras seis turmas no Rio Grande do Sul. Mais de 160 aprendizes vão participar ao longo do ano do curso de Gestão Rural e Empreendedorismo no contraturno escolar. Em 2023, as turmas abrangem os municípios gaúchos de Agudo, Canguçu, Novo Cabrais, Progresso, Rio Pardo e São Lourenço do Sul, além de Itaiópolis (SC).

A iniciativa faz parte do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal. Serão 800 horas de curso, entre março e dezembro, no contraturno escolar. O início das atividades presenciais ocorreu nesta quarta-feira, 1º de março, seguindo o calendário escolar dos municípios parceiros que oferecem o espaço para a realização das atividades, alimentação e logística de transporte diário para viabilizar o atendimento dos adolescentes nas comunidades onde vivem. 

“Estamos muito felizes em poder expandir nossa atuação para Santa Catarina e dois novos municípios gaúchos, além da continuidade em quatro que já tínhamos a parceria. Apesar de termos o mesmo número de turmas que em 2022, mais jovens serão beneficiados em 2023 com a ampliação do número de cotas destinadas pelas empresas. Para muitos deles, além da grande oportunidade de ampliação dos seus conhecimentos, é também o primeiro registro na carteira de trabalho”, comenta o diretor presidente do Instituto, Iro Schünke. 

Os participantes são contratados como jovens aprendizes pelas indústrias associadas e apoiadoras do Instituto Crescer Legal e recebem salário proporcional a 20 horas semanais, mas ao invés de trabalharem nas empresas, participam do curso de gestão e empreendedorismo no contraturno escolar, com atividades teóricas e práticas concomitantes conduzidas pelo Instituto em suas comunidades.  

Segundo a gerente do Instituto, Nádia Fengler Solf, é um momento de expectativa, mas também de muito trabalho. “Já estamos cheios de planos para os nossos jovens aprendizes. Ainda em março parte deles devem ter sua primeira viagem de estudos quando participam da programação da Expoagro Afubra. Além disso, esperamos poder apresenta-los em breve às suas respectivas comunidades em eventos que realizaremos em cada município”, comenta.  

SAIBA MAIS – Iniciativa do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) e suas empresas associadas, o Instituto Crescer Legal foi fundado em 23 de abril de 2015. Com a validação do Ministério do Trabalho, construída por meio do engajamento ao Fórum Gaúcho de Aprendizagem Profissional, o inovador método do Programa de Aprendizagem Profissional Rural alia educação profissional e renda. Desde que foi implementado, em 2016, o Programa de Aprendizagem Profissional Rural já abrangeu 15 municípios gaúchos, totalizando 40 turmas e 741 jovens aprendizes rurais certificados. 

Fotos: Divulgação

Contato com a imprensa:

Loader