Voltar

Conectar histórias para imaginar um novo futuro foi a tônica do seminário do Instituto Crescer Legal

27.06.2024

Sétima edição do seminário ampliado do Instituto Crescer Legal reuniu representantes de municípios parceiros e associados.

Junho 2024 –Histórias conectadas para (re)imaginar o futuro’ foi o tema do 7º Seminário ampliado de integração e reflexão com parceiros do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal. A programação realizada nesta quinta-feira, 27 de junho, em Santa Cruz do Sul, reuniu cerca de 100 pessoas, incluindo parceiros das áreas da Educação, Assistência Social e Saúde dos municípios que sediam ou se relacionaram com o Instituto.

Ao acolher os participantes, o diretor presidente do Instituto Crescer Legal, Iro Schünke, – citando as dez pragas do Egito – lembrou da pandemia e catástrofes climáticas e disse que a parte positiva disso foi o despertar para a solidariedade. “A criação do Instituto, há nove anos, também foi um grande ato de solidariedade, pois teve o objetivo de oferecer novas possibilidades aos jovens do campo”, contou. “Estamos praticando solidariedade desde então e temos satisfação de verificar que a sementinha que lançamos em 2015 deu frutos muito mais rápido do que se esperava”, afirmou. 

Comemorando a marca de mil jovens já atendidos, Schünke lembrou que, além dos aprendizes, o Instituto beneficia os egressos, inclusive promovendo conexões que possibilitam aos jovens conseguirem recursos para o desenvolvimento de seus projetos. “Para isso, as parcerias são importantes, inclusive das empresas que têm nos ajudado com recursos humanos e financeiros, muito importantes para que se desenvolva aquilo a que nos propomos”, disse. “Como as leis proíbem que os adolescentes auxiliem nas propriedades, nós fomos atrás de soluções para dar aos jovens do campo a possibilidade de se desenvolverem e se prepararem para a vida”, explicou.

Após o cerimonial conduzido pela egressa Jainara da Rosa, de Passo do Sobrado (RS), diversas outras atividades tiveram o propósito de promover a reflexão sobre a atuação dos parceiros, os desafios atuais da sociedade e as possibilidades para a transformação positiva. Entre os participantes estavam representantes de municípios nos quais está sendo desenvolvido o curso de Empreendedorismo e Gestão Rural neste ano e outros que já sediaram a iniciativa. 

Com programação organizada para propiciar a reflexão em relação à sociedade e aos desafios da juventude, o evento teve atividades visando unir os profissionais de diferentes áreas em um dia pautado na troca de experiências. Para isso, os facilitadores da Thema Consultoria – Ana Paula Parise Malavolta, Pablo Silveira e Thelmo Charão Borchhardt – conduziram diversas atividades visando conectar histórias e levar à reflexão sobre valores sociais, educação e ações para transformação social. Ao proferir a palestra ‘Reimaginar o Futuro – Escola, Jovem e Sociedade’, a psicóloga Ana Paula lembrou que os tempos atuais são de mudanças. Conforme ela, tanto as experiências singulares como os saberes científicos são fundamentais para a construção do amanhã. “Estamos construindo o futuro com as ações que temos no presente”, disse. 

Relatos sobre transformação

À tarde, o ponto alto da programação foi o talk-show com os convidados para o compartilhamento de histórias. As professoras Camile Teixeira Corvello e Angelita Vargas Kolmar, de São Lourenço do Sul (RS), relataram com foi a chegada do Crescer Legal no município. “Inicialmente, os adolescentes foram atraídos pelo salário, mas o programa logo se consolidou por causa da sua proposta diferenciada”, relatou Camile, coordenadora pedagógica do município. E Angelita falou sobre as melhorias na sua experiência docente após a participação no Programa de Boas Práticas de Empreendedorismo para a Educação, oferecido numa parceria do Instituto com a administração municipal. 

O egresso Juliano Schipper da Silva, da turma de 2022 do Programa de Aprendizagem Profissional Rural em Rio Pardo (RS), contou que ter sido jovem aprendiz lhe deu ideias de diversificação e a percepção de que o resgate da ovinocultura, uma antiga atividade da sua família, poderia ser favorável para a propriedade. Através do Instituto, ele inscreveu seu projeto no Programa Jovem Empreendedor, da empresa JTI, e foi premiado com os recursos financeiros para colocar sua ideia em prática.

E a egressa Camila Massmann, de Passo do Sobrado, que também participou do Programa Nós Por elas – A voz feminina do campo, deu seu depoimento lembrando que não planejava continuar vivendo no campo. “Mas no curso descobri possibilidades de empreender no meio rural”, ressaltou, comentando sobre seu projeto em favor da autoestima da mulher rural. “Foi uma experiência incrível que me levou a pensar em autocuidado feminino no campo e buscar uma alternativa para as mulheres conquistarem ainda mais seus lugares na sociedade”, disse.

Outro testemunho foi o de Márcio e Josimeri Abich, pais das gêmeas Mariana e Juliana Abich, que foram jovens aprendizes da turma de 2022 em Paraíso do Sul (RS). Conforme Josimeri, o Instituto foi importante para o desenvolvimento das filhas, que atualmente estão na universidade cursando agronomia e fazem planos de construir suas vidas trabalhando em atividades rurais. Ao declarar orgulho pelas filhas, Márcio Abich agradeceu ao que o Instituto proporcionou à sua família. “Além de todo o aprendizado do curso, foi importante também porque foi um período no qual elas ganharam seus salários e começaram a cuidar do próprio dinheiro”, finalizou Josimeri.

Fotos: Gelson Pereira

Contato com a imprensa

AND,ALL Daniella Turano – daniella.turano@andall.ag – (11) 98596-7477 

Eliana Stülp Kroth – eliana.stulp@andall.ag – (51) 99667-7405 

Roberta Sena – roberta.sena@andall.ag – (11) 98435-671

Contato com a imprensa:

AND,ALL

Loader