Cada coisa no seu lugar

01/02/2022

“No período em que fui jovem aprendiz, aprendi muito mais do que eu pensei que o curso de empreendedorismo e gestão rural pudesse me ensinar. E tudo ajudou, de alguma forma, a inovar na minha propriedade. Estudei sobre como diversificar, plantando tabaco, milho, soja, aipim, batatinha, batata-doce e verduras e produzindo alimentos de origem animal como carne de gado, porco e galinha. Como projeto final do curso, reorganizei os galpões para facilitar o acesso aos materiais de trabalho e melhorar a aparência da propriedade. Como era muito bagunçado e quando precisavam de alguma ferramenta ou implemento era difícil encontrar, arrumei todo o galpão. Tudo ganhou um lugar fácil de achar e de forma organizada. As chaves de fenda e de boca, martelo, pé de cabra, marreta e pregos agora ficam na caixa das ferramentas. Também estão mais à mão motosserra, cavadeira, balança, enxadas e as máquinas de plantar fumo, milho e feijão.

Além disso, nos dois últimos anos passei a ser mais responsável e me dei conta de várias coisas que antes eu não dava atenção. Antes eu não ligava para o que os meus pais falavam, mas agora eu entendo que tudo o que fazem é para me ajudar. Também já me responsabilizo mais e tenho maior orgulho das coisas que eu faço. Minhas notas na escola aumentaram bastante e tento ser o meu melhor em tudo. Outra coisa importante que aprendi no curso do Crescer Legal foi lidar de uma maneira certa com o dinheiro que nós ganhamos por mês, sabendo administrar o que se pode gastar em relação ao que se ganha e saber economizar nas horas certas.”

Deivid Wíliam Dorfei16 anos, foi jovem aprendiz em 2020 e 2021 do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal em Sinimbu (RS).

Voltar

Últimas Histórias

02/06/2022
Trabalho que deve ser valorizado

Fui aprendiz do Instituto Crescer Legal por dois anos, sendo um grande período durante a pandemia.

LEIA MAIS
02/06/2022
Quando enxergam sua importância

No dia 4 de agosto de 2021 assumi minha atual função como auxiliar administrativo do Instituto Crescer Legal.

LEIA MAIS
02/06/2022
Meta: ser pecuarista

Aos 14 anos, eu já tinha carteira de trabalho e ela estava assinada como jovem aprendiz.

LEIA MAIS