Educação no campo para o campo

12/09/2022

“Sou professora há 31 anos e sempre trabalhei em escola da zona rural. Sinto-me realizada por poder proporciona aos alunos conhecimentos sobre uma diversidade ambiental, socioeconômica, cultural e procuro fazer da sala de aula um espaço de oportunidades de crescimento e aprendizagens. Percebo também que a comunidade é um meio rico de aprendizagem e acho notório que devemos valorizar a cultura e as potencialidades que existem no meio e também verificar os possíveis problemas que surgem ou fazem parte do contexto.

No nosso município, o campo tem uma diversidade de produtos, desde a produção de tabaco, soja, milho, produção de alimentos agroecológicos, prática da pecuária e atualmente busca inovações, como o turismo rural, campings e parques. Acho fundamental promover entre os alunos a análise da relação que temos com o lugar onde vivemos e fico feliz em constatar a melhora na qualidade de vida no ambiente rural.

Essas minhas opiniões sobre a valorização da educação direcionada ao meio rural vieram ao encontro do Programa Boas de Empreendedorismo para a Educação, que está sendo uma experiência única. Fui indicada pela direção da escola e acredito ser uma oportunidade de aprendizagem e socialização riquíssima. E acima de tudo, uma grande contribuição no meu trabalho e no grupo de professores e alunos de minha escola. Pois o programa abre horizontes e me motiva a continuar acreditando que é possível uma ação educativa mais humana, com visão nas possibilidades que surgem, priorizando o ser humano como centro do processo de aprendizagem.

Estamos saindo de um período de pandemia, sendo fundamental termos uma educação mais humanizadora, que vislumbre um olhar e uma ação com mais empatia. E isso tudo, o programa do Instituto Crescer Legal nos proporciona, fazendo com que os professores e alunos aceitem desafios e se utilizem dos avanços tecnológicos sem perder o principal foco, o ser humano e os valores que o norteiam em todas as áreas.”

Professora Iloni Maria Radtke Iven, de Canguçu (RS), participante da edição de 2022 do Programa Boas Práticas de Empreendedorismo para a Educação do Instituto Crescer Legal. Atualmente atua na Escola Municipal de Ensino Fundamental Santa Maria.

Voltar

Últimas Histórias

14/06/2024
O agro é tudo

“Com a certeza de que é possível prosperar no agro, faço planos de construir minha vida com base na atividade rural. Acho que o setor rural seguirá sendo fundamental daqui a 10, 20 anos e muito mais tempo, pois o agro é tudo. Atualmente estou no terceiro ano do ensino médio e pretendo seguir estudando, possivelmente em uma faculdade ligada ao ramo da agricultura.[...]"

LEIA MAIS
14/06/2024
A opção é pela produção rural

“Depois de completar 18 anos, decidi seguir no meio rural, na mesma atividade dos meus pais, que é a produção do tabaco e milho. Aqui temos uma vida calma e pretendo continuar no ramo do agro também porque, com as tecnologias e a valorização dos produtos, tem sido bem mais fácil progredir no campo.[...]"

LEIA MAIS
14/06/2024
De aprendiz a educadora

Educadora Vanessa Beise @vanessabeisee   De aprendiz a educadora   “Para mim, ser educadora do Instituto Crescer Legal está sendo um sonho realizado. Tenho muito orgulho da minha trajetória junto ao Instituto, pois fui aprendiz rural em 2016 e os aprendizados mudaram o rumo do meu futuro, me levaram para a formação em Educação no […]

LEIA MAIS