Jovens e cheios de planos

09/03/2022

“Eu e minha namorada, Franciele Melyza Tornquist – também egressa do programa de Aprendizagem do Instituto Crescer Legal -, temos planos de construir nosso futuro vivendo no campo e trabalhando nas atividades rurais. Percebemos que aqui se tem mais possibilidades. Por exemplo, graças ao nosso esforço e ao meio rural, neste ano conseguimos construir nossa casa, que já está quase pronta. Vejo que se tivéssemos escolhido a cidade ao invés do campo, não teríamos conseguido isso.

Atualmente, cultivo tabaco junto com a minha família e temos também criações de porcos e de gado. Aliás, a inserção de bovinos na nossa propriedade iniciou durante o curso de empreendedorismo e gestão rural em 2018, quando guardei o dinheiro recebido como aprendiz para aplicação no projeto final do curso, que era sobre a criação de bezerros de corte.

Tanto eu como a Franciele somos filhos de produtores rurais e saímos do Programa de Aprendizagem do Crescer Legal com um olhar mais amplo sobre o agro e as perspectivas positivas de vida que podemos ter. O curso de empreendedorismo foi uma grande experiência, que me proporcionou me aproximar ainda mais do campo e de tudo o que a atividade rural envolve e pode nos oferecer.”

Gabriel Wink de Lara, 20 anos, foi jovem aprendiz em 2018 do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal em Vera Cruz (RS).

Voltar

Últimas Histórias

02/06/2022
Trabalho que deve ser valorizado

Fui aprendiz do Instituto Crescer Legal por dois anos, sendo um grande período durante a pandemia.

LEIA MAIS
02/06/2022
Quando enxergam sua importância

No dia 4 de agosto de 2021 assumi minha atual função como auxiliar administrativo do Instituto Crescer Legal.

LEIA MAIS
02/06/2022
Meta: ser pecuarista

Aos 14 anos, eu já tinha carteira de trabalho e ela estava assinada como jovem aprendiz.

LEIA MAIS