Primeiros passos

12/05/2022

“Atualmente trabalho como auxiliar em uma padaria e estou no meu segundo emprego com carteira assinada. O primeiro foi como aprendiz do Instituto Crescer Legal, período de grande importância por dar início à minha vida profissional. Foi no curso de gestão e empreendedorismo que aprendi diversas coisas que estão sendo úteis agora, especialmente em relação ao trabalho em equipe, compromissos com horários e a importância de ser produtiva. Eu sempre fui incentivada pela minha família a ser responsável e a trabalhar para conquistar o que eu queria. Quando me tornei aprendiz, tudo se encaixou porque eu tinha um emprego e uma renda e criei ainda mais responsabilidade, o que serviu como experiência para meu trabalho atual e para a minha vida.

Depois de terminar o curso de aprendizagem e o ensino médio, eu me mudei para Arroio do Meio por causa do meu trabalho e dos planos de entrar na universidade. Já mobiliei meu próprio apartamento e estou adquirindo mais bens e, se Deus quiser, em breve começo minha faculdade. Os planos são atuar na área de perícia criminal e ainda estou procurando um curso nessa área. Outros projetos são ter minha casa, ter uma carreira de sucesso na minha futura área profissional e ser motivo de orgulho pra minha família.”

Rainara Tieline Godoy, 19 anos, foi jovem aprendiz em 2021 do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal em Boqueirão do Leão (RS).

Voltar

Últimas Histórias

02/06/2022
Trabalho que deve ser valorizado

Fui aprendiz do Instituto Crescer Legal por dois anos, sendo um grande período durante a pandemia.

LEIA MAIS
02/06/2022
Quando enxergam sua importância

No dia 4 de agosto de 2021 assumi minha atual função como auxiliar administrativo do Instituto Crescer Legal.

LEIA MAIS
02/06/2022
Meta: ser pecuarista

Aos 14 anos, eu já tinha carteira de trabalho e ela estava assinada como jovem aprendiz.

LEIA MAIS