Valorização das origens

12/05/2022

“Como professora de escola localizada em área rural, sempre acreditei que o ensino deve contemplar a realidade dos alunos e o lugar onde estão inseridos, incentivando que valorizem suas origens e a localidade na qual moram. A escola também deve prepará-los e motivar aqueles que se identificam com o campo para que permaneçam na zona rural. E essa minha convicção encontrou respaldo no Programa de Boas Práticas em Empreendedorismo para a Educação, realizado pelo Instituto Crescer Legal em parceria com a prefeitura de Canguçu. As atividades do curso contribuíram bastante na parte pedagógica, ou seja, nas práticas em sala de aula e no atendimento remoto durante a pandemia.

Eu sempre procurei compartilhar os conhecimentos e reflexões adquiridos no Programa de Boas Práticas com os demais professores da escola. Trocamos ideias e sugestões para o desenvolvimento das atividades, pois toda a equipe da escola busca adaptar o processo de ensino e aprendizagem às vivências dos alunos. Atuo com estudantes dos primeiros anos de ensino fundamental, com idade entre 6 e 10 anos. Mesmo eles tendo pouca idade, conseguimos, em um trabalho diversificado, colocar o aluno como protagonista do aprendizado, fazendo com que ele busque o seu conhecimento. Outro ponto positivo incentivado pelo curso do Crescer Legal foi o aumento do envolvimento das famílias, que são grandes parceiras na realização das atividades da escola.”

Paloma Schmechel Milech Romerprofessora da Escola Municipal Carlos Soares da Silveira, em Nova Gonçalves, 2° distrito de Canguçu (RS). Participou da edição de 2021 do Programa de Boas Práticas de Empreendedorismo para a Educação, realizado em parceria com o Instituto Crescer Legal.

Voltar

Últimas Histórias

02/06/2022
Trabalho que deve ser valorizado

Fui aprendiz do Instituto Crescer Legal por dois anos, sendo um grande período durante a pandemia.

LEIA MAIS
02/06/2022
Quando enxergam sua importância

No dia 4 de agosto de 2021 assumi minha atual função como auxiliar administrativo do Instituto Crescer Legal.

LEIA MAIS
02/06/2022
Meta: ser pecuarista

Aos 14 anos, eu já tinha carteira de trabalho e ela estava assinada como jovem aprendiz.

LEIA MAIS