Voltar

Instituto Crescer Legal participa da Semana Legislativa de Canguçu

12.05.2022

Maio 2022 – O dia do Campo foi celebrado nesta terça-feira, 10 de maio, e no município de Canguçu, a Câmara dos Vereadores aproveitou a passagem da data para falar de um importante tema: o futuro do campo e as oportunidades dos jovens rurais. O Instituto Crescer Legal foi o convidado para apresentar os novos caminhos que têm sido trilhados no município. O evento fez parte da programação da Semana Legislativa e foi acompanhado pelos jovens aprendizes do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto.

Iniciativa do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) e suas empresas associadas no Brasil, o Instituto Crescer Legal tomou forma em 2015 e já conta com dois reconhecimentos nacionais pela inovação e pioneirismo em oferecer oportunidades para os jovens rurais. Sergio Rauber, diretor administrativo do Instituto Crescer Legal abriu a apresentação.

“Nos sentimos honrados em poder participar da Semana Legislativa. O Instituto é uma iniciativa do SindiTabaco criada para atender os jovens no meio rural, em especial em áreas de produção de tabaco. Sabemos da grande dificuldade que os jovens do interior têm no acesso às oportunidades. Desenvolver os jovens com uma visão empreendedora é o nosso grande objetivo, além de ser mais uma ferramenta no combate ao trabalho infantil”, comentou Rauber.

A gerente, Nádia Fengler Solf, e a orientadora pedagógica, Taciane da Silva Velázquez, falaram sobre os programas do Instituto Crescer Legal que estão em andamento em Canguçu. Este já é o terceiro ano de atividades do Programa de Aprendizagem Profissional Rural, com atendimento a 18 jovens rurais na turma de 2022; também a terceira edição do Programa de Boas Práticas de Empreendedorismo para a Educação, que conta com a participação de 15 professores, de 15 escolas rurais do município. 

SOBRE AS INICIATIVAS

— O Programa de Aprendizagem Profissional Rural é considerado pioneiro por proporcionar uma forma inovadora de aplicação da Lei de Aprendizagem em favor dos jovens do campo. Com a validação do Ministério do Trabalho, já beneficiou 596 jovens rurais do Rio Grande do Sul desde 2016. Os participantes são contratados como jovens aprendizes pelas associadas do Instituto Crescer Legal, recebem salário proporcional a 20 horas semanais, mas ao invés de trabalharem nas empresas, participam do curso de gestão e empreendedorismo no contraturno escolar com atividades teóricas e práticas concomitantes conduzidas pelo Instituto Crescer Legal em suas comunidades – normalmente nas escolas em que estudam ou em sedes cedidas pelas prefeituras parceiras que também auxiliam com a alimentação e logística de transporte diário para viabilizar o atendimento dos adolescentes.

— O Programa de Boas Práticas de Empreendedorismo para a Educação, realizado em parceria com o município de Canguçu, foi implementado em 2020 e já está em sua terceira edição. A iniciativa consiste em compartilhar ferramentas metodológicas testadas e aprovadas pela equipe pedagógica do Programa de Aprendizagem Profissional Rural com o objetivo de oportunizar aos participantes, profissionais da área da educação, a ampliação dos conhecimentos para atuação empreendedora na educação.  

Saiba mais sobre o Instituto Crescer Legal em: www.crescerlegal.com.br

Contato com a imprensa:

Loader