Voltar

Instituto Crescer Legal renova parceria com a UNISC

23.05.2023

Maio 2023 – O Instituto Crescer legal e a Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) renovaram nesta segunda-feira, 22 de maio, a parceria para a realização do Programa Nós por Elas – A voz feminina do campo. A iniciativa, que ocorre desde 2017, tem como objetivo reiterar o papel das mulheres no campo e na sociedade, trazendo uma importante reflexão sobre a diversidade e igualdade de gênero. 

Participaram do encontro o diretor presidente do Instituto Crescer Legal, Iro Schünke; a gerente, Nádia Fengler Solf; e a coordenadora de Desenvolvimento de Projetos, Graziele Pinton. Pela universidade, receberam o grupo o reitor Rafael Frederico Henn; o coordenador dos cursos de Comunicação, Willian Fernandes Araújo; e a subcoordenadora, Patricia Regina Schuster. 

Em sua sétima edição, o Programa Nós por Elas – A voz feminina do campo deve ocorrer entre agosto e outubro, com carga horária aproximada de 250 horas, e de forma híbrida, em formato semelhante à edição 2022. O objetivo desse formato é permitir que egressas dos últimos anos do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal possam participar, mesmo residindo em localidades distantes da sede do Instituto e da UNISC, ambos situados na zona urbana de Santa Cruz do Sul (RS).  

Neste ano, serão disponibilizadas 10 vagas para as egressas que, após contatadas pela coordenação do Instituto, tenham interesse em realizar a inscrição no programa a partir dos critérios de seleção.  

SOBRE O NÓS POR ELAS – Olhar para um mundo com mais respeito à diversidade de gênero é um dos objetivos do Programa Nós por Elas – A voz feminina do campo. O projeto busca valorizar e desenvolver jovens egressas do Programa de Aprendizagem Profissional Rural, promovendo a reflexão sobre a questão de gênero, além da troca de experiências, capacitando-as na área de comunicação, como multiplicadoras de conhecimento adquirido para outros jovens do meio rural e para a comunidade. Em seis edições, 43 jovens, de 11 municípios, já foram preparadas para serem multiplicadoras de temas sensíveis à realidade feminina no campo. Até o momento, 23 boletins de rádio foram produzidos sobre diferentes temas: ouça aqui

Foto: Divulgação

Contato com a imprensa:

AND,ALL

Loader