Voltar

Jovens de Itaiópolis já podem se inscrever no Programa de Aprendizagem Profissional Rural

24.10.2022

Outubro de 2022 – Chegou a hora dos jovens de comunidades rurais se inscreverem para a primeira turma do Programa de Aprendizagem Profissional Rural de Santa Catarina. Promovido pelo Instituto Crescer Legal, primeira instituição brasileira a oferecer uma formação sobre empreendedorismo e gestão para jovens do meio rural por meio da Lei de Aprendizagem, o curso será realizado durante todo o próximo ano letivo no município de Itaiópolis. 

No dia 20 de outubro, a gerente do Instituto Crescer Legal, Nádia Fengler Solf, a coordenadora de projetos, Graziele Pinton, e a orientadora pedagógica Taciane Velazquez, estiveram reunidas com o prefeito de Itaiópolis, Mozart José Myczkowski, a secretária municipal de Educação, Araceli Mengarda Jakubiak, a presidente do Conselho Municipal de Educação, Luciane de Lima Blaskoski, e a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Fátima Wielewski.

O encontro foi realizado na Casa Polaski, no Bairro Alto Paraguaçu, e contou ainda com a importante participação de orientadores, supervisores e gerentes das empresas associadas e apoiadoras do Instituto que atuam em Itaiópolis e região do Planalto Norte catarinense, bem como diretores de escolas e representantes do Conselho Tutelar, do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) e Sindicato dos Trabalhadores Rurais.  

“O encontro foi muito bem prestigiado, o que demonstra um efetivo interesse para a implantação da nossa primeira turma em Santa Catarina. Alcançamos o objetivo de apresentar com detalhes a origem, história e dimensão do trabalho do Instituto, a essência do Programa de Aprendizagem Profissional Rural, o sistema de inscrição e o público-alvo, além de esclarecer todas as dúvidas sobre a busca ativa por candidatos. Foi um encontro muito positivo, com uma receptividade muito boa. Nossa expectativa é muito positiva”, avalia a gerente do Instituto Crescer Legal, Nádia Fengler Solf. 

Para realizar a inscrição, os interessados precisam ter idade entre 14 e 17 anos, estar cursando o ensino regular a partir do 5° ano do Ensino Fundamental e morar nas localidades abrangidas. Em Itaiópolis, o Instituto busca abranger jovens rurais das seguintes localidades: Bom Jesus, Lucena, Vila Nova, Vila José Dresseno, Centro, São Lourenço, KM 27, Poço Claro, Vila Bromélia, KM 36, Xavier da Silva, Santos Dumont, Rio Vermelho e parte de Santo Antônio. 

As inscrições vão até o dia 09 de novembro de 2022, e devem ser realizadas por meio do preenchimento do formulário disponível neste link. Ao preencher o formulário, os candidatos precisam apresentar seus dados pessoais, fotos do RG, CPF e Carteira de trabalho, além dos números dos documentos de seus responsáveis legais e a foto de uma redação de no mínimo 10 linhas, relatando como é a sua rotina, seus desafios e planos. 

Após o período de inscrições o Instituto Crescer Legal coordenará o processo de seleção que será realizado em conjunto com os municípios parceiros a partir dos dados fornecidos pelos jovens no formulário. Os adolescentes pré-selecionados serão contatados pela entidade. Além de Itaiópolis, o Instituto Crescer Legal também estará presente em seis municípios gaúchos em 2023: Agudo, Canguçu, Novo Cabrais, Progresso, Rio Pardo, São Lourenço do Sul. 

Os participantes são contratados como jovens aprendizes pelas indústrias associadas do Instituto Crescer Legal, recebem salário proporcional a 20 horas semanais, mas ao invés de trabalharem nas empresas, participam do curso de gestão e empreendedorismo no contraturno escolar com atividades teóricas e práticas concomitantes conduzidas pelo Instituto Crescer Legal em suas comunidades – em escolas ou outros espaços cedidos pelas prefeituras parceiras que também auxiliam com a alimentação e logística de transporte diário para viabilizar o atendimento dos adolescentes.  

Os cursos têm previsão de início em março de 2023 e finalização em dezembro do mesmo ano. As atividades abrangem desde a análise das propriedades rurais até o mapeamento de parcerias locais, envolvendo as famílias e a comunidade, e despertando nos jovens a visão empreendedora para seus projetos de vida. Todos os adolescentes participantes receberão do Instituto uniforme e material didático, e certificação após a finalização do curso. 

RECONHECIMENTO – Iniciativa do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) e suas empresas associadas no Brasil, o Instituto Crescer Legal tomou forma em 2015 e já certificou quase 600 jovens aprendizes. A proposta inovadora em oferecer oportunidades para os jovens rurais conta com reconhecimentos nacionais. Em dezembro de 2020, foi homenageado na 17ª edição do Prêmio Innovare, na Categoria Justiça e Cidadania, pelo método inovador da aprendizagem profissional rural como alternativa no combate ao trabalho infantil. E em novembro de 2021, o Instituto conquistou o primeiro lugar no Prêmio Brasil Amigo da Criança, na categoria Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, promovido pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos em reconhecimento às melhores práticas na promoção e fortalecimento dos direitos de crianças e adolescentes.  

Fotos: Divulgação

Contato com a imprensa:

Loader