Voltar

Um recesso escolar cheio de atividades no Instituto Crescer Legal

03.08.2022

Agosto 2022 – Viajar nas férias. Os mais de 150 jovens aprendizes que participam do Programa de Aprendizagem Profissional Ruralnão fizeram as malas, mas prepararam a mochila para uma visita repleta de ideias inovadoras e interatividade no Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS. Localizado em Porto Alegre, na capital gaúcha, o museu conta com centenas de experiências científicas e um vasto acervo de fósseis, espécimes representantes da biodiversidade e peças provenientes de escavações arqueológicas, que são objeto de pesquisa de mestrandos e doutorandos provenientes de várias partes do mundo. 

As viagens de estudo foram realizadas nos dias 19, 20, 21 e 26 de julho com a participação de jovens dos sete municípios que sediam o programa em 2022: Canguçu, Cerro Branco, Paraíso do Sul, Passo do Sobrado, Progresso, Rio Pardo e São Lourenço do Sul. Segundo a coordenadora de desenvolvimento de projetos, Graziele Pinton, foi uma experiência transformadora. “O objetivo em proporcionar esta saída pedagógica é que os jovens aprendizes possam ampliar os seus horizontes, reconhecendo as diferentes tecnologias e inovações exposta no Museu da PUC e conectando com seus contextos. A partir desta visita, os jovens desenvolveram uma atividade, na qual puderam criar uma inovação para sua propriedade ou comunidade rural, surpreendendo a todos com as mais diferentes e variadas criações”, comenta. 

Os jovens também realizaram atividades de pesquisa junto à família e comunidade durante o recesso. “Os aprendizes puderam estreitar os laços de parcerias comunitárias desenvolvendo pesquisas voltadas aos conhecimentos populares, boas práticas de manejo e conservação do solo, gestão da unidade de produção familiar e planejamentos para a diversificação produtiva, tudo isso com o objetivo de promover o aprendizado e estimular o protagonismo nos espaços onde estão inseridos”, avalia Taciane Velazquez, orientadora pedagógica.  

O recesso também é sinônimo de desenvolvimento para a equipe do Instituto. Entre os dias 27 e 29 de julho educadores sociais, equipe pedagógica e administrativa tiveram momentos de formação e compartilhamento de experiências mediados pela coordenação e pela consultoria Diatópica. “Nossa metodologia tem servido de referência de boas práticas, mas a reflexão, o conhecimento de novas ferramentas pedagógicas e a interação em equipe nos permitem sempre aprimorar a nossa atuação. Por isso, a formação continuada é estratégica para a instituição”, comenta a gerente do Instituto, Nádia Fengler Solf.  

No início de agosto, os jovens aprendizes retomam as atividades presenciais do curso de gestão rural e empreendedorismo no contraturno escolar. Os encontros das turmas de 2022 iniciaram em março e seguem até o final do ano. Para o segundo semestre já estão previstas novas viagens de estudo, dessa vez para a 45ª Expointer, em Esteio, entre os dias 29 de agosto e 1º de setembro. 

SOBRE O INSTITUTO – Iniciativa do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) e suas empresas associadas, o Instituto Crescer Legal foi fundado em 23 de abril de 2015 e já beneficiou quase 600 jovens rurais em 11 municípios gaúchos. Com a validação do Ministério do Trabalho, o inovador método do Programa de Aprendizagem Profissional Rural alia educação profissional e renda. Os participantes são contratados como jovens aprendizes pelas associadas do Instituto Crescer Legal, recebem salário proporcional a 20 horas semanais, mas ao invés de trabalharem nas empresas, participam do curso de gestão e empreendedorismo no contraturno escolar com atividades teóricas e práticas concomitantes conduzidas pelo Instituto Crescer Legal em suas comunidades – normalmente nas escolas em que estudam ou em sedes cedidas pelas prefeituras parceiras que também auxiliam com a alimentação e logística de transporte diário para viabilizar o atendimento dos adolescentes. Saiba mais em: www.crescerlegal.com.br 

Fotos: Divulgação

Contato com a imprensa:

Loader