Na causa dos jovens rurais

13/03/2023

“Ao me tornar aprendiz do Instituto Crescer Legal, percebi a importância do jovem no meio rural, me tornei mais comunicativa, meu relacionamento com a família e com a comunidade melhorou e vi a relevância dos vínculos que se constrói. Tudo isso me levou a fazer parcerias incríveis que quero levar para a vida toda e uma delas é com o STR, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais. No curso de empreendedorismo e gestão, estudamos sobre políticas públicas e isso nos aproximou do STR e fomos convidados para um evento sobre juventude rural, quando começamos a construir a comissão de jovens do sindicato de Rio Pardo. Então, desde julho de 2022 passei a fazer parte do movimento para lutar por mais oportunidades.

Queremos trabalhar para termos um meio rural melhor do que já é, pois acredito que existem diversas possibilidades no campo. Há um ditado que diz que ‘quem olha para fora sonha, quem olha para dentro, desperta’. Por isso, nós jovens, precisamos olhar para dentro para identificar o que realmente queremos fazer. E quem quer ficar no campo tem oportunidades, mas poderia ter mais se houvessem mais políticas públicas de incentivo ao empreendedorismo e à sucessão rural. Na comissão, já planejamos uma agenda de atividades que queremos fazer durante este ano e uma das metas é agregar mais jovens. Para isso, planejo buscar mais aprendizes da turma deste ano do Crescer Legal de Rio Pardo.

Aliás, ter sido jovem aprendiz foi um presente para mim com uma surpresa feliz a cada dia. Eu achava que o curso seria parecido com uma escola agrícola, mas foi totalmente diferente. As dinâmicas mexeram comigo de uma forma que passei a ser mais ágil, pensar mais rápido, trabalhar em equipe e saber lidar com perguntas, opiniões e respostas diferentes. Percebi que a gente sempre deve ganhar as coisas por merecer e que devemos seguir regras. Na nossa vida, algumas flores têm espinhos e precisamos aprender a lidar com isso. Além de tudo, o curso me permitiu conhecer histórias de vida e aprendi que desistir nunca é a solução.”

Eduarda Moraes, 16 anos, foi jovem aprendiz em 2022 do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal em Rio Pardo (RS).

Voltar

Últimas Histórias

23/02/2024
Nossa bela vida rural

“Na véspera da formatura do curso de Empreendedorismo e Gestão Rural, eu e meus pais recebemos a visita da turma de colegas. Foi um dia emocionante, que ficou marcado na vida da nossa família. Antes da chegada da turma, fiquei um pouco nervoso e pensativo sobre como tudo iria acontecer, o que iria passar na cabeça de cada aprendiz. Mas meus pais estavam ao meu lado o tempo todo, me apoiando e incentivando. [...]

LEIA MAIS
23/02/2024
Nova renda

“Sempre fui apaixonada pelo meio rural e suas belezas e sei o quanto é importante para a renda da minha família. Mas, a partir do momento em que abordamos esse tema logo no começo do curso de Empreendedorismo e Gestão Rural, pude perceber o quanto o campo é realmente importante e precisa ser valorizado. [...]

LEIA MAIS
23/02/2024
Negócios de família

“Acho simpática a ideia de empreender em mais um negócio na propriedade da minha família, pois já produzimos tabaco e meus pais têm uma empresa de transporte de escolares e de cargas, inclusive com caminhões para o serviço de transporte do tabaco dos produtores da região. [...]

LEIA MAIS